Um Grande Prêmio Brasil para guardar na memória

O tempo nublado e as pistas pesadas em virtude das chuvas da semana criaram um clima de expectativa ainda maior no início do festival. Será que iria chover no domingo? Embora a previsão confirmasse que a possibilidade de tempo fechado era mínima, o assunto foi o principal tema em cada rodinha de turfistas.

E o domingo realmente amanheceu ensolarado. O público aceitou o convite e compareceu em peso. Como já vem acontecendo nos últimos anos, cada vez mais os visitantes vão se espalhando pelas tribunas, cada uma preparada para um tipo de frequentador. Dos mais despojados, que trouxeram os filhos para brincar ou dos que vieram com a camisa da seleção para torcer pelo Brasil, aos mais elegantes, trazendo consigo todo o glamour já conhecido do Grande Prêmio, com direito a desfile de chapéus pelo salão da tribuna de honra do Hipódromo da Gávea.

Na raia, os melhores jóqueis e animais em atividade no país. Com um rateio de 17,60 por um, Quarteto de Cordas surpreendeu e ditou o ritmo da principal carreira do festival. Marcou o bicampeonato consecutivo do treinador Luiz Esteves e a primeira conquista do jóquei Luan Machado, do proprietário Haras do Morro e do criador Bervely Hills Stud. O final não poderia ser mais bonito, já que o “derrotado”, foi nada mais nada menos que Jorge Ricardo, o número um do mundo, que vinha na liderança com o corredor Arrocha até ser dominado nos metros decisivos.

As tribunas cheias e o público diversificado podem ser vistos em fotos; o replay do páreo e a cobertura do festival estão registrados em vídeo, mas o clima do Grande Prêmio Brasil deste ano… Ah, esse clima só pode ser guardado na memória de quem esteve no Jockey Club Brasileiro neste último fim de semana.

Texto: Celson Afonso

Fotos divulgadas pelo Jockey Club Brasileiro

Compartilhe com seus amigos

2 comentários “Um Grande Prêmio Brasil para guardar na memória

  1. Durante a transmissão da premiação na TV Turfe, foi impressionante observar a incrível semelhança do jóquei Luan Santana com o saudosíssimo Ayrton Senna.

  2. Correção:
    Durante a transmissão da premiação na TV Turfe, foi impressionante observar a incrível semelhança do jóquei Luan Machado com o saudosíssimo Ayrton Senna.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *