Estatística de treinadores pegando fogo na Gávea

A estatística de treinadores do turfe carioca está “on fire“. Três dos principais profissionais que trabalham no turfe carioca brigam pela ponta da tabela reunião após reunião.

O líder é Dulcino Guignoni, com 29 vitórias. Em segundo, Julio Cezar Sampaio soma 28. Na terceira colocação, Luiz Esteves já viu 27 de seus animais cruzarem o disco na frente dos rivais.

Para esta semana, selecionamos a melhor inscrição de cada um deles para ajudar o turfista na montagem de suas apostas nas corridas que vão de sábado (29.09) até terça-feira (02.10).

Dulcino Guignoni, que trabalha no Centro de Treinamento Vale da Boa Esperança, em Itaipava, já conquistou sete estatísticas e sua fome de vitórias não diminui nunca.

O capixaba tem em Fanfarone, inscrito no 6º páreo de domingo (30.09), uma ótima oportunidade de somar mais um êxito na luta pela oitava estatística de sua carreira. Fanfarone ficou quase um ano afastado das competições e, mais aguerrido, promete destacada performance.

O animal do Stud Globo tem segundo para Quarteto de Cordas (ganhador do GP Brasil 2018 e recentemente exportado) em sua linha de retrospecto no começo de campanha, possui um bom terceiro lugar para Flying Tail e Lampião (ver filme acima), saindo pela baliza 13 na mesma distância da chamada de domingo. Voltando ao tiro curto após duas incursões em 1.400 metros e contando com Leandro Henrique em seu dorso, Fanfarone pode perfeitamente vencer.

Sampaio e a filha Iasmin

Julio Cezar Sampaio assumiu a segunda colocação no último conjunto de programas realizado no Jockey Club Brasileiro, realizado de 22 a 25 de setembro, e seus animais têm descido em forma espetacular do CT Dedo de Deus, em Teresópolis.

No 4º páreo da terça-feira (02.10), o popular “Alemão” apresenta In My Dreams em uma carreira de claiming e dificilmente a defensora do Haras Springfield, que tem corrido bem em provas de turma, deixará a pista derrotada. Leandro Henrique também será o piloto da alazã filha de Tiger Heart.

No terceiro posto, Luiz Esteves, atual bicampeão do GP Brasil (Voador Magee em 2017 e Quarteto de Cordas em 2018), prepara seus cavalos no Centro de Treinamento Vale do Marmelo, em Teresópolis, região serrana do Rio de Janeiro.

Em mais uma temporada das mais produtivas, Esteves tem em Leviatan, no 3º páreo de sábado (29.09), uma excelente inscrição. Apostadíssimo em sua estreia, o potro do Stud Eternamente Rio, nitidamente “aprendendo a correr”, estava ainda muito verde e perdeu carreira sem nome (ver filme acima). Turkish, que estreou no mesmo dia que Leviatan e terminou na segunda colocação, parece o maior inimigo do nosso indicado e a dupla 24 será muito bem jogada.

Até o final de junho de 2019 muita água passará por baixo da ponte e, com certeza, teremos muita emoção na decisão da estatística de treinadores da Temporada 2018/2019 no Jockey Club Brasileiro.

Aos amigos, muito boa sorte e um até breve, pois estarei entrando em meu período de férias no mês de outubro. Em novembro prometo estar de volta com a bateria renovada.

Boa sorte!

Um abraço!

Texto: Thiago Guedes

Fotos: Sylvio Rondinelli

Compartilhe com seus amigos