Sábado é dia de Preakness Stakes

Após quase quatro meses de muita preparação e ansiedade, o 144º Kentucky Derby foi disputado no Hipódromo de Churchill Downs, no último sábado, dia 5 de maio. Em um dia de tempo ruim com chuva constante, o público que lotou as dependências de Churchill Downs, assistiu a uma grande apresentação do alazão Justify, apresentado por Bob Baffert e conduzido por Mike Smith, abrindo a Tríplice Coroa americana. Com um campo de 20 competidores, a prova foi bastante disputada:

O resultado final teve Justify como ganhador, mantendo-se invicto e se tornando o candidato. Good Magic, vencedor da Breeder’s Cup Juvenile, foi o segundo lugar. Audible, em bom esforço final, foi o terceiro. Instilled Regard e My Boy Jack completaram o placar.

No próximo sábado, dia 19 de maio, apenas 14 dias após a disputa da primeira coroa, o Hipódromo de Pimlico, localizado na cidade de Baltimore, Maryland, será mais uma vez o palco do Preakness Stakess (GI), distância dos 1900 metros. O campo da prova ainda não foi divulgado, mas a maioria dos treinadores envolvidos no Derby, já definiu a participação ou não de seus potros.

Justify – O vencedor do Derby foi confirmado por Baffert na segunda competição.

Good Magic – O treinador Chad Brown é um dos únicos que ainda estão ’em cima do muro’. Chad demonstrou preocupação com a sequência desgastante de carreiras, mas vai esperar até a última hora para confirmar. Vale lembrar que ele venceu a prova no ano passado, com o cavalo Cloud Computing.

Audible, Vino Rosso, Noble Indy e Magnum Moon – Todd Pletcher sempre deixou bastante claro em suas entrevistas que não cogita correr o Preakness com nenhum animal, a menos que vença o Derby. Os cavalos serão reavaliados para uma possível participação no Belmont Stakes, no dia 9 de junho.

Instilled Regard – Após grande apresentação na primeira prova, o treinador Jerry Hollendorfer declarou que seu pensionista está fora do restante da Tríplice Coroa. O filho de Arch será encaminhado para a Taylor Made Farm para descansar.

My Boy Jack – Keith Desormeaux declarou que My Boy Jack não correrá o Preakness. O castanho já retornou à Santa Anita e será preparado para a terceira prova.

Bravazo – O castanho da Calumet Farm está confirmado no Preakness Stakes 2018. Seu treinador, D. Wayne Likas, que já venceu o páreo seis vezes, confirmou a participação de Sporting Chance na competição também.

Bolt D’Oro – Após fracassar e terminar na 12ª colocação no Derby, Mick Ruis anunciou que Bolt d’Oro não irá participar do restante da Tríplice Coroa. A ideia é reaparecer o castanho contra os mais velhos no Metropolitan Handicap (GI), a Met Mile, tradicional páreo para milheiros, no dia 9 de junho, mesmo data do Belmont Stakes.

Mendelssohn – O potro da Coolmore teve um percurso muito atribulado no Derby e finalizou nas últimas colocações. Seu treinador, Aidan O’Brien, confirmou a volta do potro à Irlanda e afirmou que ele retornará aos EUA no dia 3 de novembro, para o festival da Breeder’s Cup, que será disputado em Churchill Downs em 2018.

Lone Sailor – Oitavo colocado no Derby, o pensionista do treinador Tomas Amoss, é outro que deve pintar no campo da prova.

Alguns animais que não correram o Derby, estão sendo especulados no Preakness. São eles, Quip, do treinador Rodolph Brisset, Diamond King, treinado por John Servis e Pony Up, outro da Calumet Farm, treinado por Todd Pletcher.

Certamente, o  Preakness Stakes terá um campo bem mais modesto do que o Derby.

Texto: André Rodrigues

Fotos: Internet

Compartilhe com seus amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *