Festival da Pegasus World Cup é a grande atração da semana

O hipódromo de Gulfstream Park, na Flórida, é o centro das atenções da comunidade turfística no próximo sábado, 26 de janeiro. Pela terceira vez, a temporada de inverno americana atinge seu ponto máximo com o meeting da Pegasus World Cup.  A ideia de criar essa prova, baseou-se na grande demanda de animais que a Flórida recebe nessa época do ano, por conta das baixas temperaturas que impossibilitam a realização das corridas em diversos pontos dos EUA e Canadá.

As duas primeiras versões da prova tiveram campos muito qualificados e vitórias de favoritos. Em 2017, Arrogate e, em 2018, Gun Runner, com um detalhe em comum: ambos haviam vencido a Breeder’s Cup Classic, dois meses antes. Em 2018, o festival sofreu uma importante modificação, com a divisão da bolsa de prêmios. Nos anos anteriores, a Pegaus World Cup oferecia uma bolsa de 16 milhões de dólares em apenas uma prova, em 1800 metros, pista de areia. Em 2018, surgiu a ideia de dividir a Pegasus em duas provas, com as duas pistas sendo utilizadas. A prova de grama, Pegasus World Cup Turf invitational, em 1900 metros e bolsa de 7 milhões e a Pegasus World Cup, agora com bolsa de 9 milhões.

A Pegasus World Cup Turf Invitational (GI), recebeu 10 inscrições e um campo interessante, e tem Yoshida como provável favorito. Abaixo, uma análise dos concorrentes:

1 – Magic Wand – Uma das fêmas da prova, a potranca da Coolmore, faz sua segunda atuação em solo americano. Um dos preços mais altos no leilão de sua geração (foi adquirida por mais de $1.5 milhões de dólares), é filha  de Galileo e Prudenzia, por Dansili, traz duas vitórias em 10 saídas e $657.101,00 em prêmios. Em novembro, atuou em Churchill Downs, na Breeder’s Cup Filly and Mare Turf, vencida por Sistercharlie, e finalizou em um ótimo quarto lugar. Na Europa, tem vitória em prova de GII, em Ascot. Magic Wand será apresentada por Aidan O’Brien e conduzida por Wayne Lordan.

2 – Yoshida – Provável favorito da carreira, o versátil Yoshida volta a competir em pista de grama, após duas corridas fantáticas em pista de areia, uma vitória no Woodward Stakes (GI),  em Saratoga e um quarto na Breeder’s Cup Classic, para Accelerate, em Churchill Downs. Vencedor de provas de GI nas duas pistas, Yoshida é filho de Heart’s Cry e Hilda’s Passion (por Canadian Frontier) tem 5 vitórias em 12 saídas e $1.589,770,00 em prêmios, será conduzido por José Ortiz e apresentado por Bill Mott.

3 – Channel Maker –  Outro competidor apresentado por Bill Mott, Channel Maker retorna a Gulfstream Park após fracassar no seu último compromisso, quando finalizou na 11ª colocação na Breeder’s Cup Turf, vencida por Enable. Channel Maker conquistou sua vitória em GI, no Joe Hirsch Turf Classic, em setembro, no hipódromo de Saratoga. Com 4 vitórias em 21 atuações, será conduzido por Javier Castellano.

4 – Aerolithe – Égua japonesa de 5 anos, a tordilha faz sua estréia em solo americano. Vencedora de GI no Japão, fez sua última atuação em novembro, com um 11º lugar na Championship Mile, em Kyoto. Aerolithe chega com um cartel de 4 vitórias em 13 saídas e mais de 3 milhões de dólares em prêmios. Treinada por Takanori Kikuzawa, terá Florent Geroux no dorso.

5 – Next Shares – Representante da Califórnia na importante prova, Next Shares chega em ótimo momento para a importante disputa, após vencer o San Gabriel Stakes (GII), prova preparatória. Em outubro, venceu a Shadwell Turf Mile (GI), em Keeneland. Richard Baltas é o responsável pela apresentação do ótimo atropelador e Tyler Gaffalione é o piloto.

6 – Fahan Mura – Mais uma fêmea na prova, a veloz Fahan Mura chega como outsider. Após vencer o Robert Frankel Stakes, prova de GIII de fêmeas em Santa Anita, a alazã tenta cartada complicada.  A alazã será conduzida por Edwin Maldonado e Vladimir Cerin, é o treinador

7 – Bricks and Mortar –  Um dos grandes candidatos a vencer a carreira, Bricks and Mortar é a carta do treinador Chad Brown. Animal de muita classe, reapareceu de longa ausência vencendo um Allowance em Gulfstream e chega tinindo para o importante compromisso. Com uma ótima campanha de 5 vitórias em 7 saídas, incluindo um GII em Saratoga, o filho de Giant”s Causeway e Beyond the Waves, por Ocean Crest, será conduzido por Irad Ortiz.

8 – Delta Prince – Inscrição da Stronach na prova, empresa responsável pela administração do hipódromo de Gulfstream e organização do evennto, Delta Prince é mais um competidor entre os outsiders. Filho de Street Cry e Delta Princess, por AP Indy, chega credenciado por uma vitória de GII obtida no hipódromo de Woodbine, em junho. Treinado por James Jerkens, o castanho será conduzido pelo fenômeno Frankie Dettori.

9 – Catapult – Mais um competidor vindo da Califórnia, Catapult chega com a mesma equipe de Acelerate, favorito à principal prova, Joel Rosario e John Sadler. Filho de Kitten’s Joy e Gata Bella, por Storm Cat, o castanho tem 6 vitórias na campanha, incluindo um espetacular segundo lugar na Breeder’s Cup Mile, em sua última carreira. Fortíssimo competidor.

10 – Dubby Dubie – Outro considerado grande azar na prova, o pupilo do treinador Bob Hess tem como melhor atuação de sua campanha, um terceiro lugar no American Derby, no hipódromo de Arlington Park, em julho passado. Será conduzido por Luca Panici.

Principal prova da temporada, a Pegasus World Cup recebeu 12 inscrições e marca a despedida de Accelerate das pistas, como grande favorito.

1 – Bravazo – Pupilo do lendário treinador Wayne Lukas, Bravazo tem uma campanha que buscou sempre as principais provas do calendário. Vindo de duas boas atuações em Churchill Downs, um segundo no Clark Handicap e um terceiro na Breeder’s Cup Dirt Mile, perdendo para City of Light, um dos favoritos do campo. Filho de Awesome Again e Tiz O’gold, por Cee’s Tizzy, será montado Luiz Saez e é de criação e propriedade da Calumet Farm.

2 – Something Awesome – Outra inscrição do grupo Stronach, o veterano Something Awesome chega como um dos azares da prova. Aos 7 anos e com 9 vitórias na campanha, será apresentado por Jose Corrales e conduzido pelo também veterando Edgar Prado.

3 – City of Light – Vencedor da Breeder’s Cup Dirt Mile de 2018, o castanho vai fazer a sua primeira corrida na distância dos 1800 metros. Cavalo de grande categoria, filho de Quality Road e Paris Notion, por Dehere, tem cinco vitórias em dez saídas e $1.662,00 em prêmios e foi listado como segundo favorito à prova. Treinado por Michael McCarthy, foi a escolha do jóquei Javier Castellano, que tinha a opção de conduzir Audible também.

4 – Seeking the Soul – Segundo colocado para City of Light na Breeder’s Cup Dirt Mile, Seeking the Soul vai correr a Pegasus pela segunda vez. Em 2018, finalizou em 5º lugar para Gun Runner. De criação e propriedade de Charles Fipke, é treinado por Dallas Stewart e será conduzido por John Velazquez.

5 – Accelerate – Considerado por muitos como o cavalo do ano, Accelerate chega como grande favorito em sua carreira de despedida das pistas. Após vencer de forma brilhante a Breeder’s Cup Classic, mesmo largando em baliza desfavorável, o alazão chega para manter a escrita dos dois primeiros anos, onde o vencedor da Classic também venceu a Pegasus. Dono de campanha espetacular, com 10 vitórias em 22 saídas e $5.792,484 em prêmios, será mais uma vez conduzido por Joel Rosário e apresentado por John Sadler. Accelerate é filho de Looking at Lucky e Issues, por Awesome Again.

6 – Tom’s D’Etat – Com seis vitórias em nove saídas, Tom’s D’Etat vai fazer a sua primeira atuação em provas do calendário clássico. Filho de Smart Strike e Julia Tuttle, por Giant’s Causeway, será conduzida por Shaun Bridgemohan e apresentado por Albert Stall.

7 – True Timber – Segundo pensionista da Calumet Farm na prova, True Timber ainda busca sua primeira vitória clássica. Vindo de segundo para Patternrecognition na Cigar Mile (GI), em dezembro no hipódromo de Aqueduct, o filho de Mineshaft e Queen’s Wood, por Tiznow, terá a montaria de Joe Bravo e o treinamento fica a cargo de Kiaran McLaughlin.

8 – Gunnevera –  O cavalo de ferro da Florida chega para mais um desafio importante em sua brilhante campanha. Terceiro colocado na Pegasus de 2018 para Gun Runner e vindo de um excelente segundo lugar para Accelerate na Breeder’s Cup Classic, o pupilo do treinador Antonio Sano foi listado como terceiro favorito. Gunnevera tem 6 vitórias em 19 atuações e tem $4.111,800 em prêmios. Filho de Dialed In e Unbridled Rage, por Unbridled, vai mais uma vez atuar em casa, e será conduzido por Irad Ortiz.

9 – Kukulkan – O invicto em 14 saídas e tríplice coroado mexicano volta a Florida para a prova de fogo da sua carreira. Após estrear em Gulfstream em dezembro vencendo a Caribbean Classic por mais de 10 corpos, prova restrita a países vizinhos, Kukulkan foi confirmado na Pegasus. Trazido pelo treinador mexicano Fausto Gutierrez, será conduzido por Frankie Dettori.

10 – Audible – Um dos principais nomes de sua geração e terceiro colocado para Justify no Kentucky Derby, Audible inicia sua campanha de 4 anos, ainda em busca de sua melhor forma, após um decepcionante segundo lugar no Harlan’s Holiday Stakes (GIII), prova em que era grande favorito. Preterido por Javier Castellano, o pupilo do treinador Todd Pletcher terá Flavien Prat na direção.

11 – Imperative – Aos 9 anos e com 44 atuações na campanha, Imperative aparece como um azarão na carreira. Filho de Bernardini e Call Her, por Caller ID, é treinado por Anthony Quartarolo e será montado por Tyler Gaffalione.

12 – Patternrecognition –  O pupilo do treinador Chad Brown, chega ao ápice de sua campanha aos 5 anos, após brilhar na Cigar Mile (GI), em Aqueduct. Filho de Adios Charlie e Almost a Valentine, por High Cotton e criado na Florida, o castanho não deu sorte no balizamento mas promete destacada atuação. José Ortiz monta.

A Tv Turfe vai transmitir, na íntegra, a programação de Gulfstream Park no sábado com o primeiro páreo ´programado para às 14:30.

Texto: André Rodrigues

 



Compartilhe com seus amigos