Entenda o que é turfe e quais as características desse esporte

Entenda o que é turfe e quais as características desse esporte

Ganhar na Mega-Sena é o sonho de muitos brasileiros. Há, porém, outras alternativas para conseguir mudar de vida: as corridas de cavalos, por exemplo, representam uma ótima possibilidade de ganhos frequentes, com o diferencial de que a sorte é um fator pouco relevante.

Por isso, entender o que é turfe e quais são as suas características é a chance de explorar este mundo e ainda garantir bons lucros.

Neste post, você conhecerá melhor esse esporte, além de entender como funcionam as apostas nos cavalos. Confira!

Entenda o que é turfe

Turfe é o nome do esporte que envolve corridas de cavalos.

A origem do termo vem do inglês “turf”, que era a maneira como as primeiras competições eram conhecidas, por serem disputadas em pista de grama. Mundialmente, existem diversas modalidades de corrida equestres, porém, as mais difundidas são em pista plana e com um jóquei montado sobre o cavalo.

O puro-sangue inglês é a raça equina que compete nos principais eventos de turfe do Brasil. A corrida acontece em circuitos de volta fechada, em formato oval.

As cidades de Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba e Porto Alegre têm os principais Jockeys Clubes do país.

Vale destacar que os animais são preparados mesmo antes de seu nascimento para as competições.

Especialistas analisam as características genéticas dos reprodutores e procuram a combinação perfeita para conceber campeões, ainda que seja difícil prever o resultado. Mesmo assim, cavalos vitoriosos podem custar milhões de dólares.

As apostas hípicas são legalizadas e permitidas no Brasil. A vantagem é a possibilidade de ganhos com maior probabilidade e consistência, já que a sorte não é um fator determinante nos resultados.

A história do turfe

É difícil precisar a data de surgimento do turfe: há relatos de que, na Grécia Antiga, já existiam corridas de cavalo. Porém, o esporte como é conhecido hoje foi desenvolvido na Inglaterra, no último milênio. Durante as Cruzadas, os ingleses trouxeram exemplares da África e da Ásia e os reproduziram com os animais locais para criar o puro-sangue.

No século XVIII, o turfe se tornou um esporte profissional na Inglaterra. Nessa época, também ocorreu a criação do Jockey Club — local especializado na criação, no desenvolvimento e na realização das corridas.

Por muitos anos, o turfe foi uma das competições mais populares do país e ainda carrega uma multidão aos locais de disputa.

No Brasil, o esporte teve em Dom Pedro II seu principal precursor. O imperador contribuiu para a criação dos primeiros clubes, no século XIX. Na primeira metade do século seguinte, o esporte se tornou um dos mais populares por aqui.

Atualmente, ele não tem a mesma força, mas ainda possui um público fiel e atrai novos interessados, principalmente pelas apostas.

Os tipos de corrida

Cada uma das corridas de cavalos é chamada de páreo.

Geralmente, um dia de competições em um hipódromo tem, aproximadamente, dez páreos, com um número de competidores previamente definidos. Os critérios variam, mas o puro-sangue inglês é a raça mais utilizada no país, por sua boa adaptação ao clima tropical e pelas suas características físicas.

As corridas são disputadas na areia ou na grama, em pistas que variam de 1 Km a 3 Km. Os animais são especializados em provas de velocidade ou resistência, de acordo com suas características. Assim como nos outros esportes, eles passam por exames antidoping e podem ser suspensos em caso de irregularidade.

O Grande Prêmio Brasil é a competição mais importante das corridas de cavalos no país. Realizada anualmente no Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro, é uma das mais tradicionais do esporte nacional e, ainda hoje, atrai milhares de espectadores.

O funcionamento das apostas em cavalos

Assim como as loterias, as apostas hípicas são legalizadas no Brasil. O turfe é regido por lei federal e regulamentado pelo Código Nacional de Corridas.

Porém, a grande diferença entre as apostas em cavalos e as lotéricas está na possibilidade de estudar os resultados e aumentar as probabilidades de vitória. Conhecer bem os cavalos e as condições do páreo, por exemplo, maximizam as chances de apostar corretamente.

Para saber quanto ganhar, é preciso estar atento aos rateios dos animais: quanto mais apostado for um cavalo em relação aos outros, menor será o rateio e, consequentemente, menor a premiação.

Rateio, é quanto aquele apostador vai ganhar para cada 1 real apostado, se acertar. Além disso, não é preciso ter muito dinheiro para fazer uma aposta, algumas modalidades começam em apenas R$ 2.

E para quem pensa que é difícil ganhar, quando comparada a outras apostas, a aposta hípica possibilita maiores chances de sucesso. Isso porque no turfe, 75% dos valores arrecadados retornam para os vencedores. A Mega Sena, por exemplo, devolve 45,3% da arrecadação.

Vale destacar que os intervalos dos páreos acontecem, justamente, para dar tempo de dos jogadores conferirem seus jogos anteriores e fazerem novas apostas.

São diversos os tipos de apostas, mas algumas são mais comuns no Brasil. Veja, a seguir, as principais delas:

  • Vencedor: é a modalidade mais conhecida e mais fácil de participar. Basta escolher o cavalo que vai chegar em primeiro lugar;
  • Placê: neste tipo, você escolhe um cavalo e ganha se ele chegar em primeiro ou em segundo lugares. É uma aposta com mais chances de sucesso, mas com retorno menor;
  • Dupla: são escolhidos dois cavalos para chegar na primeira e na segunda colocações, independentemente da ordem. Ela pode ser simples (dois cavalos) ou combinada (podem ser escolhidos mais de dois cavalos para chegarem nas duas primeiras posições);
  • Exata: as regras são as mesmas da Dupla, com a diferença de que é necessário acertar a ordem exata das colocações;
  • Trifeta: consiste em acertar a ordem dos três primeiros cavalos, com as mesmas possibilidades das anteriores;
  • Quadrifeta: é necessário acertar a ordem dos quatro primeiros colocados.

Locais para apostar em turfe

As apostas em cavalos movimentam bilhões de dólares no mundo. No Brasil, é possível apostar diretamente nos locais de corrida, pela internet ou pelo telefone. No Jockey Club Brasileiro, por exemplo, a PMU Brasil é a responsável pela gestão das apostas.

Agora que você sabe o que é turfe, pode acompanhar as corridas e conhecer mais a fundo esse esporte.

Além do entretenimento e da emoção que as corridas proporcionam, também é possível ganhar uma renda extra com as apostas. E o melhor: sem sair de casa.

Gostou das informações? Se quiser mais detalhes sobre as apostas, acesse o Como Apostar. Siga o Facebook e o Instagram da PMU Brasil para se atualizar sobre o turfe!

Compartilhe com seus amigos

1 comentário em “Entenda o que é turfe e quais as características desse esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *