O que é cânter: entenda mais sobre o assunto

O que é cânter: entenda mais sobre o assunto

Quem frequenta hipódromos em dia de corrida sabe o que é cânter: aquela corridinha de apresentação que cada cavalo faz, movido por seu jóquei. Leva apenas alguns segundos e se desenvolve em um galope macio pela pista onde, em poucos minutos, disputará com os demais.

Mas, afinal, qual o seu objetivo? Por que razão todos param para observar aquela espécie de ensaio da corrida? Continue a leitura e entenda o que é cânter e qual a sua importância no turfe brasileiro.

O que é cânter?

Muitos aficionados do turfe não são especialistas em corridas de cavalos, mas desfrutam do esporte com emoção e interesse. Assim, alguns minutos antes da largada é o momento em que todos param por cerca de 20 segundos para prestar atenção a um evento: o cânter.

O cânter é uma apresentação que jóquei e cavalo fazem por meio de um meio-galope ao longo de 200 metros de pista. Seu objetivo é demonstrar principalmente as condições de cada equipe naquele dia.

No cânter, todos os cavalos correm. Trata-se de um momento de grande importância para todo turfista, pois permite conhecer e sentir o desempenho que se pode esperar de cada cavalo naquele páreo.

Desse modo, em função da demonstração ser mais ou menos convincente, as apostas em determinados cavalos podem aumentar ou diminuir. É como se os cavalos estivessem se apresentando para que o público local e televisivo faça sua escolha de modo mais consistente, observando as condições dos animais.

Considera-se que alguns turfistas mais experimentados são capazes de boas previsões a partir das observações que fazem durante o cânter. Dessa forma, a disposição do animal, se está confortável na situação ou mostra-se incomodado com alguma coisa são observações que podem ser feitas nos poucos segundos da apresentação.

O cânter, como apresentação e quase como um desfile a galope, é bastante comum no Brasil e constitui um momento esperado nas corridas. Por sua vez, em outros países, não se costuma dar a importância comumente observada no turfe brasileiro.

Quais são as características desse tipo de andar do cavalo?

Os cavalos, naturalmente, apresentam formas diferentes de andar e correr, próprias sobretudo do tipo de deslocamento que estejam fazendo (mais calmo ou mais apressado). Desse modo, podem ser relacionadas quatro principais andaduras naturais do cavalo:

  • passo;
  • trote;
  • cânter;
  • galope.

Nesse sentido, o termo cânter também representa um tipo de andadura do cavalo, como se fosse um galope lento. Tem origem no verbo to canter, que significa “andar a meio galope” (o cavalo).

Nesse caso, trata-se de um andamento em três tempos, caracterizado pelo avanço da perna direita dianteira, quando o cavalo gira para a direita, e da mesma forma com a esquerda, quando gira para a esquerda. O resultado é um meio-galope confortável para quem monta.

Curiosamente, há uma lenda na Inglaterra que relata o deslocamento de peregrinos, na Idade Média, para a Catedral de Canterburry, que seguiam a cavalo no passo canter. Existem, no entanto, outras versões para a origem da palavra.

Como se dá a apresentação?

Segundo o Código Nacional de Corridas (CNC), o cânter ou galope de apresentação consiste em um galope de curta distância realizado antes do páreo, para a demonstração pública do estado físico do cavalo. Esse conceito é o mesmo contido na Instrução Normativa N. 1, de 7 de março de 2012, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Em cada hipódromo, a Comissão de Corridas tem autonomia para organizar o cânter, assim como para dispensar a apresentação dos cavalos. De todo modo, algumas exigências estão contidas na legislação representada pelo CNC e pelas Instruções Normativas.

Assim, por exemplo, segundo o Código, os jóqueis não poderão tirar os pés dos estribos durante a apresentação ao público. A mesma exigência se faz para todo o percurso durante a corrida.

Por sua vez, a Instrução Normativa N. 1, antes referida, determina punição com multa por irregularidades durante o cânter. Assim, por exemplo, o atraso para se apresentar ou a apresentação fora de ordem podem ser punidos pela Comissão de Corridas.

De maneira geral, anunciado o cânter, os animais se dirigem para a pista e se apresentam, um de cada vez, em ordem numérica. Tradicionalmente, o Hipódromo da Gávea, no Rio de Janeiro, faz essa chamada para o cânter por meio de um toque de corneta.

Normalmente, enquanto o animal percorre os 200 metros do cânter, os monitores de vídeos, assim como as televisões transmissoras do evento, apresentam um resumo-padrão dos dados de cada cavalo. São comuns informações como:

  • nome do cavalo;
  • peso do cavalo;
  • nome do jóquei;
  • nome do treinador;
  • nome do proprietário;
  • nome do criatório de origem;
  • filiação do cavalo.

Dessa forma, durante aqueles poucos segundos de apresentação, é possível formar uma ideia dos competidores. Esse é o cânter, tão valorizado no turfe brasileiro.

Quais são as principais dicas para uma boa observação?

O cânter, na verdade, é uma boa oportunidade para os apostadores avaliarem o comportamento e o desempenho dos conjuntos. Quanto melhor for a observação, mais precisas poderão ser as apostas.

O especialista Phil Bull disse certa vez:

“Um bom cânter, desses que atraem o dinheiro do apostador (ou fazem dobrar a quantia jogada) pressupõe um animal equilibrado, disciplinado, ‘on the bit’, orelhas posicionadas para frente, movendo-se com fluidez (principalmente no momento em que todo o peso dos ombros está sendo suportado apenas por uma das mãos), e que diminui seu ritmo assim que solicitado pelo jóquei”.

Assim, considere as seguintes dicas para o bom aproveitamento do cânter:

  • observe as condições gerais do cavalo e a impressão que elas causam;
  • veja se há uma boa desenvoltura do cavalo ou um comportamento inadequado, como estresse;
  • perceba se o andar do cavalo é altivo ou em passo cabisbaixo;
  • veja se há harmonia entre o jóquei e o cavalo, isto é, se dão a ideia de que se comunicam bem.

Conhecer o que é cânter e qual a sua importância no turfe torna mais fácil fazer sua opção na hora da aposta e mais segura a decisão na escolha do cavalo. Afinal, corrida de cavalo e boas apostas requerem conhecimento necessário para decidir qual será o melhor nas pistas.

Gostou do post? Entre em contato conosco e saiba tudo o que você precisa sobre corridas de cavalos.



Compartilhe com seus amigos