O campo do Kentucky Derby 2018

O turfe americano respira a Tríplice Coroa. Estamos a menos de uma semana da prova mais importante da geração e a mídia especializada volta toda a sua atenção para o Hipódromo de Churchill Downs, em Louisville, Ky, carinhosamente chamado de ‘A Casa do Derby’. Em 2018, a prova será disputada pela 144ª vez, com um total de 12 tríplices coroados na história. O mais recente, em 2015, com o craque American Pharoah.

Como tradicionalmente acontece, após a realização da Breeder’s Cup Juvenile, o calendário clássico da geração põe em disputa diversas provas classificatórias, dentro e fora dos EUA, gerando pontuação para os mais bem colocados e aumentando os pontos à medida em que o Derby se aproxima. Ao final, os 20 melhores pontuadores garantem vaga na primeira e mais badalada prova da Tríplice Coroa. Quatro suplentes se classificam e entram nas pistas, mas dependem de eventuais ausências ou retiradas para fazerem parte da carreira.

Após a disputa do Arkansas Derby, última prova classificatória, o campo da prova foi finalizado.

1º lugar – Magnum Moon – 150 pontos – O filho de Malibu Moon e Dazzling Song, por Unbridled’s Song, chega invicto à competição, após vencer o Rebel Stakes e o Arkansas Derby, ambos no Hipódromo de Oaklawn Park. Treinado por Todd Pletcher, será conduzido mais uma vez por Luiz Saez.

2º lugar – Good Magic – 134 pontos – O líder da geração aos dois anos e vencedor da Breeder’s Cup Juvenile, concorre ao Derby, depois de ganhar o Blue Grass Stakes, no Hipódromo de Keeneland. Filho de Curlin e Glinda the Good, por Hard Spun, é treinado por Chad Brown e será conduzido por José Ortiz.

3º lugar – Audible – 110 pontos – Único NY-bred (criado em Nova Yorque) do páreo, Audible chega ao Derby como um dos favoritos. Com uma impressionante evolução, o castanho venceu Holy Bull Stakes e o Florida Derby, ambos no Hipódromo de Gulfstream Park. Treinado por Todd Pletcher, Audible (Into Mischief e Blue Devil Bel, por Gilded Time), será pilotado por Javier Castellano.

4º lugar – Noble Indy – 110 pontos – Outro ótimo corredor da esquadra do treinador Todd Pletcher, Noble Indy conquistou a classificação para a prova, ao vencer o Louisiana Derby. Filho de Take Charge Indy e Noble Maz, por Storm Boot, será conduzido por Florent Geroux.

5º lugar – Vino Rosso – 107 pontos – Após ganhar o Wood Memorial Stakes, Vino Rosso garantiu vaga no Derby e também faz parte do ‘Team Pletcher’. De propriedade da Repole Stable, assim como Noble Indy, o alazão é filho de Curlin e Mythical Bride, por Street Cry, e será pilotado por John Velazquez, que venceu o Derby de 2017 com Always Dreaming.

Bolt d’Oro – 104 pontos – Considerado por muitos, um dos melhores valores da geração, Bold d’Oro conquistou sua vaga após vencer o San Felipe Stakes e finalizar em segundo no Santa Anita Derby. Treinado por seu proprietário, Mick Ruis, o filho de Medaglia d’Oro e Globe Trot, por A.P.Indy, será conduzido pela primeira vez por Victor Espinoza, jóquei de California Chrome e American Pharoah, vencedores do Derby em 2013 e 2014, respectivamente.

Enticed – 103 pontos – Outro filho de Medaglia d’Oro no Derby, Enticed tem se mostrado bastante fiel e chega à prova após ganhar o Gotham Stakes e finalizar em segundo lugar por pequena diferença no Wood Memorial, perdendo para Vino Rosso. De propriedade da Godolphin Stables, é treinado por Kiaran McLaughlin e será pilotado por Junior Alvarado.

Mendelssohn – 100 pontos – Potro mais caro de sua geração, Mendelssohn tem uma campanha brilhante nas duas pistas. Venceu a Breeder’s Cup Juvenile turf aos dois anos em pista de grama e garantiu presença no Derby após massacrar seus adversários no UAE Derby, em Dubai e bater o recorde da distância, em pista de areia. Filho de Scat Daddy e Leslie’s Lady, por Tricky Creek, sendo irmão materno da craque Beholder e do reprodutor Into Mischief. De propriedade da Coolmore, Mendelssohn surge com a equipe vitoriosa Aidan O’brien e Ryan Moore.

Justify – 100 pontos – Apesar de ser apenas o nono na classificação geral, Justify é apontado como favorito do Kentucky Derby de 2018. Com uma curta campanha de apenas 3 atuações, o alazão, que fez a sua estreia nas pistas no dia 18 de fevereiro de 2018, vem dando demonstrações assombrosas. Em sua única incursão na esfera clássica, derrotou Bolt d’Oro no Santa Anita Derby com muita firmeza. Filho de Scat Daddy e Stage Magic, por Ghostzapper, o pupilo do treinador Bob Baffert, será conduzido por Mike Smith.

Completam o campo: Flameaway, Solomini, Bravazo, My Boy Jack, Promises Fullfilled, Free Drop Billy, Lone Sailor, Hofburg, Firenze Fire, Combatant, e Instilled Regard. Vale lembrar que o potro Quip, conseguiu classificação para o páreo, mas seus proprietários resolveram não confirmar sua inscrição e comunicaram que ele correrá o Preakness Stakes, segunda prova da Tríplice Coroa, no dia 19 de maio, apenas 15 dias após o Derby, no Hipódromo de Pimlico.

Texto: André Rodrigues

Foto: Internet

Compartilhe com seus amigos

4 comentários “O campo do Kentucky Derby 2018

  1. Bela matéria, parabéns André Rodrigues, pena que a PMU não vai disponibilizar as corridas de hoje é amanhã em Churchill Downs, que incluem o Kentucky Oaks hoje e o Kentucky Derby sábado. Gostaria de saber porque não vão passar nem disponibilizar para apostas. Abraço.

  2. Olá bom dia, aqui é Frederico de Goiânia-GO, estou pensando em ir ao Kentucky Derby ano que vem (2019), e emendar em outros eventos que acontecerão logo em seguida como a Indy 500 e outros passeios, penso em ir com minha esposa. (Já fomos à Daytona 500, Indy 500, ATP 1000 Miami, etc).
    Gostaria de saber algumas dicas sobre o Derby, valor de entradas, hoteis, data para 2019, o evento é apenas uma corrida (aprox. 3 minutos) ou tem outras atrações?

    Agradeço desde já.

    Abraço.

    Fred.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *