Kentucky Derby: conheça a maior corrida dos EUA

Conhecido como “os dois melhores minutos do esporte”, o Kentucky Derby é a maior corrida dos Estados Unidos e uma das mais tradicionais do mundo. Cruzar a linha de chegada na frente é o sonho de todos os competidores e o primeiro passo para se tornar um tríplice coroado no turfe.

Com quase 150 anos de história e realizado no primeiro sábado de maio, o evento tem o maior público do país e distribui uma bolsa milionária. Além das corridas, o público pode aproveitar uma semana recheada de atrações de entretenimento e voltar para casa com um dinheiro a mais se as suas apostas forem corretas.

Quer conhecer mais sobre esse evento e entender a sua importância para o esporte? Continue a leitura!

Qual a história do Kentucky Derby?

O primeiro Kentucky Derby foi disputado em 17 de maio de 1875 para um público de 10 mil pessoas. Alguns anos antes, Lewis Clark Jr., após uma viagem para a Inglaterra, decidiu criar um Jockey Club em Louisville, que ficaria conhecido como o Churchill Downs. Atualmente, esse é um dos maiores hipódromos do país.

Desde então, essa corrida foi realizada em todos os anos, o que a coloca como a mais antiga dos Estados Unidos. Na primeira edição, Aristides foi o mais rápido nos 2,4km de pista e ficou com o título — atualmente, a distância é de 2km. O atual campeão é Justify, que também é o último tríplice coroado.

Em 1973, o cavalo Secretariat, que ganharia a Tríplice Coroa nos meses seguintes, completou o percurso em 1:59.40 e estabeleceu o recorde do Derby. Somente Monarchos, em 2001, também ficou abaixo dos dois minutos (1:59:97). O maior azarão foi Donerail, em 1913, que pagou US$91 por US$1 apostado.

Para participar do páreo principal, os cavalos devem passar pelo “Road to the Kentucky Derby”, que é um conjunto de 35 corridas nos EUA e em outros países que somam pontos para um ranking. Os 20 melhores colocados são convidados e têm a chance de lutar pela premiação de US$2 milhões.

Por que esse evento é importante para o turfe americano?

A Tríplice Coroa Americana é a principal honraria do turfe no país. O Kentucky Derby é a primeira prova, seguido do Preakness Stakes e do Belmont Stakes. O cavalo que vence os três eventos, em um intervalo de um mês, fica com esse título e marca o seu nome na história. Ao todo, somente 13 conseguiram tal feito.

Esse páreo recebe, em média, 155 mil espectadores todos os anos, o que o coloca no topo do ranking de público nas corridas dos Estados Unidos. O recorde ocorreu em 2015, quando 170.513 pessoas presenciaram a vitória de American Pharoah, que viria a ser tríplice coroado no mês seguinte em Nova Iorque.

Além da premiação, uma das atrações do Derby é a Guirlanda de Rosas, que é concedida ao jóquei vencedor. Por esse motivo, a competição também é chamada de “The Run for the Roses” (A Corrida pelas Rosas), que se transformou em um filme de 1977 dirigido por Henry Levin.

Em 2007, durante uma visita aos Estados Unidos, a rainha Elizabeth II compareceu ao hipódromo de Churchill Downs para acompanhar o Kentucky Derby. A monarca é apaixonada por cavalos e participa anualmente do Royal Ascot, a competição de turfe mais importante do Reino Unido.

Mesmo quem não consegue ver pessoalmente as corridas pode acompanhar o páreo principal. Muitos hipódromos do país interrompem as suas competições para transmitir o Derby no telão — uma prova da importância que o primeiro sábado de maio tem no calendário americano.

Qual a programação para a edição de 2019?

A Derby Week, como é conhecida a semana do Kentucky Derby, ocorrerá entre os dias 27 de abril e 4 de maio, com a atração principal marcada para o último dia, por volta das 18h30 (horário local). No dia 3, o Kentucky Oaks é o aquecimento perfeito, em uma prova reservada para éguas de três anos de idade.

O Derby, como é chamado o páreo pelos moradores de Louisville, receberá mais uma vez o maior público das corridas norte-americanas. Vale destacar que o Oaks também tem uma audiência expressiva — o seu número de espectadores só perde para as provas da Tríplice Coroa Americana.

Além das corridas, existem outras atrações para os fãs no dia do Derby. A Guirlanda de Rosas chega 45 minutos antes do primeiro páreo, enquanto os artistas e convidados desfilam pelo tapete vermelho no início da tarde. Antes do Kentucky Derby, milhares de pessoas cantam “My Old Kentucky Home”, uma tradição no hipódromo.

Como comprar ingressos para o evento?

Os ingressos para o Kentucky Derby e para o Kentucky Oaks são vendidos pelo site do evento. Existem pacotes especiais para os fãs de turfe que desejam uma experiência mais completa, como jantares e assentos reservados. Também é possível comprar um pacote para os dois dias principais (sexta e sábado).

Por conta da variação climática na cidade de Louisville, é recomendado comprar um assento na área coberta. Um bilhete de acesso geral à parte interna do hipódromo não sai por menos de US$50, mas aqueles que desejam condições melhores para assistir aos páreos gastarão mais.

Uma tradição do Kentucky Derby são os trajes de gala, como acontece no Royal Ascot. Não existe uma vestimenta obrigatória, mas as mulheres aproveitam o evento para desfilar os seus chapéus, que também são úteis por conta do sol. Já os homens apostam no terno e no chapéu de palha.

Como apostar no Kentucky Derby?

As apostas nessa competição são similares às do Jockey Club Brasileiro. Quem está presente em Churchill Downs escolhe a modalidade, os cavalos e torce por eles na pista. As mais comuns são o Vencedor (Win), Colocado (Place) e o Show, em que o cavalo pode terminar entre os três primeiros.

Também existem as combinadas, como o Pick 6, em que o apostador escolhe quais cavalos vencerão os páreos pré-determinados. Como cravar o seu resultado é mais difícil, os ganhos também são maiores. Para quem não está no hipódromo, alguns estados americanos permitem as apostas pela internet ou em cassinos.

O Kentucky Derby é um evento tradicional nos esportes americanos e reúne milhares de pessoas em Louisville todos os anos. Vencer esse páreo garante a chance de disputar a Tríplice Coroa e entrar para a história do turfe, além de embolsar uma premiação milionária. Para os fãs, é mais uma oportunidade para torcer e se emocionar com as corridas.

E aí, gostou deste artigo? Aproveite e conheça as outras corridas principais disputadas nos Estados Unidos!



Compartilhe com seus amigos