Saiba como é a rotina de um comentarista de corridas de cavalo

Saiba como é a rotina de um comentarista de corridas de cavalo

Para uma transmissão ser completa e interessante para o público, não é necessário somente um bom locutor. O comentarista de corrida de cavalo tem um papel fundamental durante a exibição dos páreos, com informações relevantes sobre os competidores e palpites sobre os vencedores.

Quem pensa que o comentarista trabalha somente nos dias de corrida está enganado. A sua rotina envolve a leitura e pesquisa sobre os cavalos, contato com os donos e treinadores para obter mais informações e formular as suas apostas, que servem como base para milhares de jogadores no país.

Neste post, você verá a importância do comentarista nas transmissões e conhecerá as principais qualidades desse profissional. Continue a leitura!

A importância do comentarista de corrida de cavalo

Já imaginou uma corrida de cavalos sem a rápida narração do locutor? É esse som que aumenta a emoção dos páreos e deixa momentos únicos registrados na memória. Porém, ao lado dele, há outro profissional que também tem uma função primordial no esporte: o comentarista de corrida de cavalo.

Uma boa transmissão prende a atenção do espectador e aumenta a base de fãs. Em um esporte que não tem tanta popularidade como o turfe, o comentarista precisa contextualizar os acontecimentos e explicar as regras para os novatos. Dessa forma, ele também funciona como um embaixador para levar as corridas a mais pessoas.

O trabalho do comentarista é levar o máximo de informações possível para os telespectadores. Para isso, ele faz uma preparação, estuda os programas dos páreos e entra em contato com outros especialistas e proprietários para conhecer melhor os cavalos escalados para correr.

Para os apostadores, os comentaristas são muito relevantes porque compartilham as suas visões na televisão e também nos seus blogs, com palpites sobre os vencedores das próximas corridas. Para quem tem pouca experiência no turfe ou está incerto sobre as suas escolhas, essas sugestões são importantes.

O que um comentarista de corridas de cavalos faz

O comentarista atua nas transmissões de corrida ao lado do locutor (narrador), com comentários objetivos sobre o que ele enxerga na pista e fatos sobre os participantes. No intervalo entre os páreos, ele fala sobre o retrospecto dos cavalos e indica os seus palpites de quais vão cruzar a linha de chegada na frente.

Além da aparição na televisão, o comentarista também publica análises em blogs especializados, com palpites para as disputas. Por conta do seu alto conhecimento em turfe, essas dicas se tornam uma ótima fonte para os apostadores escolherem os cavalos na hora de realizar os jogos.

Um exemplo da participação do comentarista é no cânter, que é quando os cavalos são apresentados ao público. Pela sua experiência, eles percebem se determinado animal está mais altivo, o que indica que ele tem mais chances de vitória. Eles também notam possíveis mudanças no peso dos cavalos, por exemplo.

Para adquirir todo esse conhecimento, um bom comentarista precisa de algumas características, como veremos no próximo tópico. Entre elas está a experiência na cobertura do turfe, o que aumenta a gama de informações e contatos do comentarista. Além disso, o interesse em se aprofundar e saber mais sobre o esporte é uma necessidade.

4 características de um bom comentarista de corrida de cavalo

Separamos quatro habilidades que um profissional deve ter para se sair bem durante as transmissões. Confira!

1. Conhecimento sobre o esporte

Assim como no futebol, um comentarista de corridas de cavalo deve ser um expert no assunto. É dessa forma que ele é capaz de participar na transmissão com falas interessantes sobre os páreos e também ter sucesso nos seus palpites que são publicados antes das reuniões.

A rotina de um comentarista envolve ler revistas e sites especializados no turfe, entrar em contato com os proprietários dos animais para conhecer melhor os cavalos e buscar informações exclusivas que garantam boas opiniões sobre as corridas. Quanto mais conhecimento ele tiver, melhor será o seu trabalho.

2. Dicção

O comentarista não precisa ter uma grande voz, mas é importante se expressar bem ao microfone para garantir uma boa transmissão. Isso deve ser aliado a boas colocações e dados relevantes sobre os cavalos que estão nos páreos, para deixar a exibição com mais entretenimento para o público.

Vale ressaltar que uma voz bonita na televisão não transforma o profissional em um bom comentarista de turfe. É necessário se colocar bem e trazer novas informações para o telespectador. A questão da dicção pode ser treinada e desenvolvida com a experiência na televisão e com auxílio de profissionais na área de voz, como fonoaudiólogos.

3. Preparação

Como em qualquer outra atividade, o comentarista de turfe deve fazer uma preparação prévia antes de entrar no ar para falar sobre as corridas. Isso significa reunir o máximo de informações possível sobre os páreos daquela reunião para estar munido de fatos nas suas participações.

O tempo de estrada conta muito nessa profissão. É normal que aqueles comentaristas com mais experiência tenham mais facilidade para realizar uma boa transmissão, já que vivenciam o esporte por um tempo maior e absorvem mais conhecimento. Porém, esse profissional deve se atualizar sempre.

4. Relação com os profissionais envolvidos no turfe

Para conseguir mais informações sobre os cavalos, o comentarista precisa criar relações com os proprietários e treinadores envolvidos com o esporte. Isso permite que ele conheça melhor a fase de cada competidor e o nível dos páreos, o que aumenta a precisão dos seus palpites.

Essas conversas e entrevistas são ainda mais valiosas no turfe porque o esporte não tem uma cobertura diária como o futebol, em que é mais fácil acompanhar o momento dos times e jogadores. Por isso, os comentaristas são grandes fontes na hora de realizar as apostas.

Além de garantir entretenimento nas transmissões, o comentarista de corrida de cavalo é uma excelente fonte para se ter maior sucesso nas apostas. Na TV Turfe, que exibe os páreos do Jockey Club Brasileiro e de hipódromos espalhados pelo mundo, esses profissionais são muito bem preparados e auxiliam os turfistas nas suas decisões.

Agora que você sabe da importância do comentarista, no seu próximo turfe você dará mais atenção a ele. E, para ajudar você ainda mais, a PMU Brasil tem uma programação extensa de apostas nas corridas nacionais e internacionais.

Então entre em contato conosco e descubra como fazer suas apostas!



Compartilhe com seus amigos