Um reforço de peso para a criação nacional

Como todos sabem, a criação é o começo de tudo para o nosso esporte. Para chegarmos nas corridas nos hipódromos pelo Brasil e pelo mundo, o trabalho começa no haras através, por exemplo, da seleção da equipe, do estudo do pedigree dos animais, a decisão dos melhores acasalamentos ( inbreeding, linebreeding) para chegar na fertilização e no final chegar a um potro ou uma potranca ganhador(a) e se possível, das melhores provas do calendário hípico.

E para orgulho da nossa criação nacional, estamos com um reforço de peso para qualificar ainda mais o nosso pedigree brasileiro, estamos falando de Comandante Dodge, filho de Dodge e Free Wind ( USA) por High Yield (USA), criado pelo Haras Anderson e propriedade da Coudelaria Família Monteiro (Raphael Monteiro e Elias Monteiro) .

Comandante Dodge, enquanto esteve atuando nas pistas, venceu provas importantes na areia, como a Prova Especial Plenty of Kicks (1200m), a Prova Especial Theophilo de Vasconsellos (1200m), a Prova Especial Eulogio Morgado – Taça Profissionais do Turfe (1200m) e a Prova Especial Groove, entre outras colocações importantes.

Na pista de grama, a sua campanha não foi diferente: venceu a Grande Prêmio João José e José Carlos Figueiredo (GIII), em 1600 metros, a Copa Leilões Jockey Club Brasileiro, em 1600 metros, a Prova Especial Bal a Bali, em 1400 metros, o Grande Prêmio Major Suckow (GI), em 1000 metros, e o Clássico Orsenigo (L.)  em 1000 metros.

Esse é um breve resumo desse grande craque que mostrou ser um cavalo diferenciado não somente pelas suas conquistas que foram espetaculares, mas também por elas terem sido em diferentes distâncias, dos mil aos 1.600 metros, tanto na pista de areia, quanto na pista de grama.

Como nunca cansamos de ver craques em ação, vamos rever a sua conquista no Grande Prêmio Major Suckow, em 2015.

Como o craque venceu onze carreiras em sua campanha, sendo apenas duas de turma, o titular da Coudelaria Família Monteiro, Elias Monteiro, resolveu torná-lo um reprodutor nacional. Por isso, Comandante Dodge está, atualmente, no Haras Pasuvi, onde já cobriu algumas matrizes do haras e também de propriedade da Coudelaria, onde já cobriu 12 éguas.

Estamos todos na torcida pelo Comandante Dodge, já que é mais um bom valor do nosso turfe nacional e esperamos que ele traga ainda mais alegrias não somente a Família Monteiro, mas também aos turfistas brasileiros gerando novos craques.

Fotos: cedidas por Elias Monteiro

Compartilhe com seus amigos