Coilseum e Mucho Gusto apontam para o Kentucky Derby

Não é nenhuma novidade para os turfistas, que o treinador Bob Baffert tem resultados expressivos em todas as frentes, mas especialmente com animais em início de campanha. Em 2018, os números estão mais expressivos do que nunca e Baffert já encilhou mais de vinte produtos vencedores aos dois anos, entre ele o craque, invicto, líder da geração e vencedor da Breeder’s Cup Juvenile, Game Winner, que inevitavelmente receberá o Eclipse Award de melhor potro de dois anos.

Passadas as emoções da Breeder’s Cup, a nova geração, que muda de idade em janeiro, começa sua campanha de três anos, óbviamente visando a tríplice coroa de 2019, com a primeira prova, o Kentucky Derby, a ser corrido no dia 4 de maio, em Churchill Downs e Bob Baffert vai acelerar ainda mais seus produtos, visando o bicampeonato consecutivo da prova, vencida em 2018 por Justify. Entre esses ínumeros vencedores aos dois anos, Baffert estreou outros animais com impressionantes vitórias, além de Game Winner, casos de Roadster e Tale of the Union, que devem reaparecer em breve nas provas clássicas preparatórias, mas não para por aí. No último final de semana, o experiente treinador, apresentou mais dois potros extremamente promissores: Mucho Gusto e Coliseum.

A principal atração do sábado, no hipódromo de Del Mar, era o Bob Hope Stakes (GIII), na distância dos 1400 metros, pista de areia e recebeu sete inscrições. Com as retiradas de Metropol e Sueno, a prova acabou sendo disputada com cinco competidores e o favoritismo para Mucho Gusto, que havia vencido em sua estreia, em Los Alamitos. Corrido com bastante confiança por Joseph Talamo, Mucho Gusto assumiu a dianteira logo após a largada e mesmo perseguido de perto por Savagery, venceu de ponta a ponta, mantendo-se invicto e se consolidando como um ótimo competidor na corrida para o Derby.

Mucho Gusto é filho de Mucho Macho Man e Itsagiantcauseway, por Giant’s Causeway e pertence a Michael Lund Petersen.

Em uma prova para perdedores, Baffert anotou outro produto da nova geração, para sua primeira apresentação. Bastante badalado, em decorrência dos excelentes exercícios matinais, Coliseum faria sua estreia com grande favoritismo nas apostas, em um páreo de seis concorrentes. Na pista, não decepcionou. Após uma partida apenas regular, seu jóquei, Joseph Talamo, fez questão de rapidamente tomar a ponta e, a partit daí, o que vimos foi uma apresentação de gala. O tordilho, de criação e propriedade da Godolphin, abriu enrome vantagem na vanguarda e ganhou em estilo de canter. O que mais chamou a atenção, foi a excelente marca para os 1400 metros, 4/10 melhor do que a prova clássica.

Coliseum é filho de Tapit e Game Face, por Menifee.

A ‘tropa de choque’ de Bob Baffert está cada vez mais numerosa. Resta saber quantos seguirão nesse ritmo e se transformarão em reais concorrentes à tríplice coroa. Será que teremos um novo Justify?

Texto: André Rodrigues

 

 

 

Compartilhe com seus amigos