Olympic Hollywood tem um enorme potencial

Tivemos dias de provas bem disputadas e páreos importantes neste último fim de semana, no Jockey Club Brasileiro.

Ocorreram três páreos em 1.600m, grama, no domingo. O ponto forte foram os dois grandes prêmios preparatórios para a abertura das Tríplices Coroas, no dia 04 de fevereiro. Porém, a vitória de um potro, em um páreo comum, também chamou bastante atenção.

Neste páreo para produtos de três anos com apenas uma conquista, o potro Olympic Hollywood ofuscou o resultado das principais carreiras do dia. Em apenas sua segunda atuação, após vencer na estreia, cruzou o disco na frente novamente em 1m34s59, melhor marca do dia.

Claro que no turfe a ciência exata nem sempre prevalece. Usar somente o tempo dos páreos como base para analisar as chances de um competidor não seria prudente.

Talvez, na prova central, com um ritmo diferente e contra adversários melhores, o potro do Haras Regina não se sobressaísse. Mas, neste caso, os páreos foram disputados no mesmo dia e nas mesmas condições climáticas e de pista. Portanto, o uso do “talvez” se faça necessário.

Se ganharia ou não, não temos como saber. Só um fato nesta história é inegável: Olympic Hollywood mostrou que tem um enorme potencial e merece oportunidades em provas mais importantes.

Texto: Celson Afonso

Fotos: Sylvio Rondinelli

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *