Good Magic vence o Haskell 2018

O hipódromo de Monmouth Park, em Nova Jersey, foi mais uma vez palco do importante Haskell Invitational (GI), na distância dos 1800 metros, pista de areia, e com bolsa de 1 milhão de dólares. Essa prova já foi vencida por craques como American Pharoah, Rachel Alexandra, Big Brown, entre outros, e faz parte das chamadas ‘Win and you’re in’, corridas que classificam os vencedores para os páreos da Breeder’s Cup.

Com o anúncio do precoce encerramento da carreira nas pistas do tríplice coroado Justify, que estava se preparando para esse páreo, o Haskell recebeu sete inscrições, com o favoritismo destacado para Good Magic, vindo de quarto lugar no Belmont Stakes e de um excelente segundo lugar no Kentucky Derby. Corrido de forma tranquila por José Ortiz, o alazão acompanhou facilmente o ritmo puxado pelo azarão Roaming Union. No final da reta oposta, o segundo favorito, Bravazo, ameaçou acelerar a corrida mas o piloto do favorito percebeu, deu a partida e resolveu a parada. Bravazo foi segundo firme, deixando Lone Sailor e Core Beliefs logo a seguir.

Essa foi a terceira vitória da campanha de Good Magic, em oito apresentações, todas na esfera clássica. É a segunda em prova de grupo I (já havia vencido a Breeder’s Cup Juvenile).

O filho de Curlin e Glinda the Good, por Hard Spun, pertence a uma parceria entre seu criador, a Stonestreet Stables LLC (mesmo proprietário de Rachel Alexandra, que venceu o Haskell em 2009), e a eFive Racing Thoroughbreds. Seu piloto foi Chad Brown.

Com essa vitória, Good Magic garantiu presença na Breeder’s Cup Classic 2018, que será disputada no hipódromo de Churchill Downs, no dia 3 de novembro. Antes da importante prova, vai participar do Travers Stakes (GI), no hipódromo de Saratoga, dia 25 de agosto, informação já confirmada pelos seus responsáveis.

Texto: André Rodrigues

Fotos: Internet