6 esportes praticados com cavalos para você acompanhar

esportes praticados com cavalos

Os esportes praticados com cavalos são realizados há milhares de anos. Existem diversas atividades esportivas unindo cavalo e cavaleiro, assim como uma infinidade de modalidades.

A corrida de cavalos talvez esteja entre as mais antigas mas existem muitos utros esportes praticados com cavalos, alguns deles são modalidades olímpicas.

Continue a leitura e conheça 6 esportes praticados com cavalos para você acompanhar.

1. Turfe

O turfe está entre os esportes mais antigos do mundo, com registros da Grécia Antiga, ainda no século VII A. C.. O esporte completo envolve a criação e o treinamento do cavalo, assim como a competição e as apostas.

A atividade esportiva propriamente é constituída pela corrida em um hipódromo, em pista de areia ou grama. No Brasil, as pistas são de formato oval (com pouco mais de 2.000 metros) ou retas (entre 300 e 500 metros). Completa as instalações um pavilhão no qual se realizam as apostas e de onde se assistem as corridas.

As provas costumam ser realizadas com percursos que variam entre 1.000 e 3.000 metros de distância. Normalmente, disputam 8 animais, em geral da raça Puro Sangue Inglês (o cavalo mais indicado, com grandes campeões), montados cada um por seu respectivo jóquei. Como referência, pode-se considerar que os cavalos em disputa atingem velocidades de até 60 km/h.

Cada corrida é chamada de páreo e um dia com vários páreos é conhecido como reunião. Em média uma reunião pode ter de 8 a 12 provas, mas podem chegar a mais de 20. Entre os páreos, há um intervalo, de cerca de 30 minutos, durante o qual são confirmados os resultados e os apostadores podem conferir os bilhetes e fazer novas apostas.

2. Polo equestre

O polo equestre é disputado entre 2 equipes de 4 cavaleiros montados, cada uma com 2 atacantes, 1 meio campo e 1 defensor. Jogando com uma bola de 8,0 cm de diâmetro (de madeira ou plástico) golpeada com um taco, o objetivo é fazer mais gols. O espaço de cada gol possui 7,3 metros, em um campo de 275 metros de comprimento por 180 metros de largura.

No polo, cada partida é composta por 4 a 6 tempos de 7,5 minutos (chamados “chukkas”), com intervalos de 3 minutos. No meio da partida há um intervalo maior, de 5 minutos. Além disso, os cavalos são trocados a cada tempo disputado e, com isso, cada animal participa, no máximo, de 2 tempos de jogo.

Para a prática do polo, são usados animais de comportamento mais tranquilo, porém fortes e com uma boa estrutura.  São utilizados como base cavalos da raça Petizo de Polo, algumas vezes cruzada com Puro Sangue Inglês, os quais devem ser muito bem treinados para o esporte.

3. Saltos

Os saltos constituem uma modalidade do hipismo. Esse esporte engloba ainda as modalidades de adestramento e de equitação completa.

Nos saltos, cavalo e cavaleiro devem concluir um trajeto que envolve entre 12 e 15 obstáculos em uma pista de 700 a 900 metros de percurso, com diferentes graus de dificuldade. Por sua vez, a altura dos obstáculos que devem ser ultrapassados varia entre 1,30 e 1,60 metros.

O objetivo das provas de saltos é percorrer todo o trajeto no menor tempo e com o menor número de infrações cometidas em toda a extensão. Desse modo, são avaliadas a habilidade, a potência e a obediência do cavalo, assim como as qualidades de manejo na equitação apresentadas pelo cavaleiro.

Para esse esporte equestre, são necessários animais especificamente hábeis para saltar, ágeis e obedientes. Os cavalos mais indicados são o Holsteiner, o Brasileiro de Hipismo, o Puro Sangue Inglês e o Puro Sangue Lusitano.

4. Seis balizas

A prova de seis balizas é bastante popular e vem sendo praticada por homens, mulheres e crianças. Para sua prática são requeridas agilidade, velocidade e resistência, além de um bom adestramento do cavalo.

Nesse esporte, após uma arrancada em linha reta, de 6,40 metros, deve-se passar por 6 balizas verticais de 1,80 metros de altura, que são posicionadas com uma distância de 6,40 metros entre cada uma. O cavaleiro e sua montaria devem contornar as balizas em movimento de zigue-zague, refazendo o percurso na volta e passando pela linha de chegada em nova arrancada de 6,40 metros.

O cavalo mais utilizado e adequado para a prática de seis balizas é o da raça Quarto de Milha. São considerados o tempo, a leveza e a harmonia dos movimentos ao longo do percurso.

5. Adestramento

O adestramento é considerado a modalidade esportiva equestre mais clássica. Seu objetivo é o desenvolvimento do cavalo por meio de um treinamento harmonioso para que o animal expanda seus movimentos naturais e se ressalte a beleza e a flexibilidade. Do cavaleiro se espera o máximo de precisão.

Desenvolvido em piso de areia, a área própria para o esporte é de 20 por 60 metros. A pontuação considera o desempenho em uma sequência de movimentos com previsão específica para cada modalidade. São avaliados o grau de exatidão e a correção na execução dos movimentos.

De modo geral, raças holandesas e alemãs são as mais utilizadas neste esporte. Além dessas, o cavalo Andaluz é especialmente indicado para o adestramento por sua força, inteligência e facilidade para o treino.

6. Enduro equestre

O enduro equestre é, na verdade, uma corrida que pode ser de média ou de longa distância. Os percursos podem variar de 35 a 60 quilômetros.

As disputas são individualizadas (um cavaleiro e um cavalo), não podendo haver substituições. Cavaleiros ou amazonas, assim como cavalos ou éguas, qualquer combinação pode participar do enduro.

Existem 2 modalidades: a de velocidade controlada e a de deslocamento livre. No primeiro caso, é estipulado um tempo determinado para a conclusão do trajeto previamente conhecido, vencendo o conjunto que estiver mais próximo do limite definido. Por sua vez, na modalidade livre, exigem-se apenas as pausas (vet-checks) para descanso e verificação das condições do animal, vencendo o que completar o percurso primeiro.

Os cavalos da raça Puro Sangue Árabe estão entre os mais indicados para a prática do enduro equestre. No entanto, não há restrições quanto à raça, podendo haver a participação de qualquer uma.

Com isso, você pode perceber que existe uma infinidade de esportes praticados com cavalos. Assim como no futebol, a emoção é garantida.

Se você gostou deste post, curta nossa página no Facebook e fique por dentro do que acontece no mundo dos esportes equestres.